Segunda-feira
18 de Junho de 2018 - 
O que determina o nosso sucesso é a capacidade de superação.
“A mais bela função da humanidade é a de administrar a justiça” (Voltaire)
“As leis são sempre úteis aos que possuem e nocivas aos que nada têm” (Jean-Jacques Rousseau)
“Interpretar a lei é revelar o pensamento, que anima as suas palavras” (Clóvis Bevilaqua)

Controle de Processos

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,74 3,74
EURO 4,37 4,37

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Últimas Notícias

Tribunal promove palestra sobre prevenção de infarto

Evento foi direcionado a servidores e magistrados. A Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP) do Tribunal de Justiça promoveu hoje (13), com apoio da Escola Judicial dos Servidores (EJUS), a palestra “Infarto: A prevenção é o melhor tratamento”, proferida pelo médico André Luis Valera Gasparoto, especialista em Cardiologia e Medicina Intensiva, coordenador da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Cardiológica da Beneficência Portuguesa de São Paulo e autor do livro “Infarto: Antes, durante e depois. Quebrando Mitos”. O palestrante contou sobre suas experiências, adquiridas após trabalhar, por mais de dez anos, em prontos-socorros, resgates com ambulância, UTI cardiológica e em consultório. “A intenção do livro e das palestras é pidir o que é importante sobre prevenção do infarto para a população em geral. Falar sobre infarto é sempre um prazer, é a doença que mais gosto de tratar”, afirmou. Segundo o cardiologista, quem possui histórico familiar de cardiopatias tem que estar sempre em dia com os exames preventivos. “É preciso visitar o médico regularmente e fazer exames de rotina para analisar os níveis de açúcar e colesterol no organismo. Para toda doença grave a prevenção primária ainda é o melhor tratamento e com o menor custo”, observou o médico, ao citar o grupo de pessoas que apresenta maior risco para desenvolver a doença: idosos e mulheres na menopausa. Ele explicou ainda que o infarto é a oclusão de uma das artérias coronárias que irrigam o coração com nutrientes e oxigênio e elencou algumas medidas preventivas. “O tabagismo é um vício perigoso, mas modificável, pois, após cinco anos de abstinência do tabaco, a chance de infarto diminui 40%. Obesos, diabéticos e hipertensos também precisam de atenção redobrada. É necessário controlar o peso, evitar o consumo de alimentos gordurosos, praticar exercícios e não consumir bebidas alcoólicas em excesso.” Ao final, os cerca de 150 funcionários que estiveram na Sala do Servidor e os outros 526 que acompanharam por transmissão online puderam esclarecer dúvidas com o palestrante, que recebeu certificado de participação do desembargador Ruy Alberto Leme Cavalheiro.
14/04/2018 (00:00)
Visitas no site:  1515932
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.